Title Page

| Title Page

Página de Título e Folha de Rosto

A Title Page in its typographic form is an integral part of the book and as such has to match the typography of the other components. (…) A title, the herald of the text, has to be strong and healthy. It should not whisper. (…) The most important pre-requisite for setting a good title page is a sensitive rapport with letters.  (Tschichold, 1991)

But title pages are more than a dry listing of facts. They are commonly the most decorative display page in a book, and are often used as the only location really suitable for expressions of design and graphics, since the rest of the book is devoted to transmitting the thoughts of the author.  (Friedlander, 2010)

Grouping of elements is important in visual messages. (…) As elements are grouped, the white spaces becomes fewer and large, and a simplified, more cohesive perception of the composition is created. (Elam, 2004) 

 

| Folha de Rosto

Página de título de uma obra impressa onde estão inscritos os elementos fundamentais relativos a uma obra, tais como o título, subtítulo, nome do autor, acompanhado por vezes dos seus títulos académicos, nome do compilador, ilustrador, tradutor, etc. e, se for caso disso, indicação da edição, lugar de edição, nome do editor e data de publicação. (Faria e Pericão, 2008)

Folha de rosto complementar que precede ou segue a folha de rosto principal e que inclui com frequência informações sobre a série ou outras informações acessórias sobre a obra. (Faria e Pericão, 2008)

Quando se constrói uma folha de rosto, não basta despejar uma poção de letras grandes pré-fabricadas no centro da página, nem escavar alguns buracos no silêncio com um pesado maquinário tipográfico e seguir adiante. Tipos grandes e até mesmo gigantes podem ser belos e úteis, mas o equilíbrio é muito mais importante que o tamanho – e o vazio é aquilo que basicamente constitui o equilíbrio. (…) Muitas boas folhas de rosto consistem em uma ou duas modestas linhas próximas ao topo e uma ou duas próximas da base, com pouco ou nada além de um espaço tenso e equilibrando entre elas. (Bringhurst, 1989)

O título de um livro é, simplesmente, aquilo por que se conhece o livro; fizemos da página do título um espaço exibicionista para os impressores & os editores.(Gill, 2003)

Uma certa transparência da tipografia do título é geralmente desejável. De outro modo, composição e plano de fundo não se compatibilizam e não podem fundir-se numa única unidade (…). A página de título deve ser composta no mesmo estilo de tipo que o livro e, de preferência no mesmo tamanho. (Gill, 2003)

 

Referências:

Bringhurst, Robert. (1989) Elementos do Estilo Tipográfico. São Paulo: Cosac Naify.

Elam, Kimberly. (2004) Grid Systems. New York: Princeton Architectual Press.

Faria, Maria Isabel, e Pericão, Maria da Graça. (2008). Dicionário do Livro: da escrita ao livro electrónico. Coimbra: Almedina

Friedlander, Joel. (2010) Self-Publishing Basics: The Title Page. [Consult. 2015-10-14] Disponível em: http://www.thebookdesigner.com/2010/02/self-publishing-basics-the-title-page/

Gill, Eric. (2003) Ensaio sobre Tipografia. Coimbra: Almedina.

Tschichold, Jan. (1991). The Form of the Book: Essays on the Morality of Good Design. Vancouver: Hartley & Marks.

Advertisements

_

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s